Recluso


Chorar por aquilo que não chegou a ser
Sofrer por aquilo que me falta
Temer por aquilo que se explora
Sorrir pela falta de motivação alheia
Correr atrás daquele que se esconde
Descobrir tudo aquilo que até então é desconhecido
Explorar tudo aquilo desejado
Ocultar até o último minuto o até então perdido
E inventar o até então não inventado
E partir na esperança de encontrar as respostas para todas
As questões não respondidas
E voltar com tudo pronto aos desavisados
E formar, construir, reinventar e continuar a viver
Através das lentes da fantasia.
E poder chamar de liberdade o simples ato de sonhar.

CONVERSATION

0 comentários:

Postar um comentário

- Comente, mas algo que acrescente uma opinião, sempre com respeito.

- Siga o blog, mas deixe seu endereço para eu seguir de volta.

- Dicas, opiniões, sempre serão bem vindas.

E-mail para contato: dhfy.blogs@gmail.com

terça-feira, 13 de julho de 2010

Recluso

Compartilhar
Chorar por aquilo que não chegou a ser
Sofrer por aquilo que me falta
Temer por aquilo que se explora
Sorrir pela falta de motivação alheia
Correr atrás daquele que se esconde
Descobrir tudo aquilo que até então é desconhecido
Explorar tudo aquilo desejado
Ocultar até o último minuto o até então perdido
E inventar o até então não inventado
E partir na esperança de encontrar as respostas para todas
As questões não respondidas
E voltar com tudo pronto aos desavisados
E formar, construir, reinventar e continuar a viver
Através das lentes da fantasia.
E poder chamar de liberdade o simples ato de sonhar.

0 comentários:

Postar um comentário

- Comente, mas algo que acrescente uma opinião, sempre com respeito.

- Siga o blog, mas deixe seu endereço para eu seguir de volta.

- Dicas, opiniões, sempre serão bem vindas.

E-mail para contato: dhfy.blogs@gmail.com