Punto e Basta


Queria chorar, gritar e dizer que o erro foi só meu. Mas não posso sorrir nem cantar porque você já está distante de nós. Em um dia tudo é azul, no outro violeta, mas com todas essas mudanças de humor, tudo vira uma escuridão e eu não sei mais quem eu sou.
Queria muito te chamar de meu e dizer que encontrei uma espécie rara de beleza, mas não, não tenho o direito de compartilhar algo com o mundo, que não é meu. O que tenho a dizer dessa tal fragilidade? O que faço com esse meu jeito de fingir? Não tenho nada a dizer além do acontecido, não posso seguir em frente, pois você já partiu. Talvez um dia se for o certo, os caminhos da vida nos mostrem a união, porque se não for isso, adeus, e peço-lhe perdão. Manterei os meus medos a sete chaves, manterei as minhas súplicas em baixo de mim. Ainda tenho tempo para algo mais? Sorria, e deixe-me assim.

CONVERSATION

7 comentários:

  1. Nossa que lindo,
    quase chorrei.
    Não tenho nem palavras pra diser, esse post é muiiiito perfeito.
    Espero que o caminho da vida te mostre a união, pois é uma coisa muito bela.
    Beiijinhos.

    ResponderExcluir
  2. Será que ainda temos tempo? Até quando?

    Essas são perguntas muito comuns para quem é o humano e sente prazer com essa vida. Mas como não temos respostas, a melhor alternativa é viver e viver apenas. Viver bem e aproveitar as chances que temos.

    ResponderExcluir
  3. Se erramos sozinho,é por que encontramos no motivo do erro razão para errar.

    Incrível...Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Bonito texto.. mas esse é passageiro...

    Tem conto no novo no blog!
    Dê uma olhada ..

    Beijos alcoolizados!

    ResponderExcluir
  5. amei seu blog, vooc é muito criativa, depois dá uma passadinha no meu e confere tá? ;*
    http://mirianbrandaoaoavesso.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Incrível a intensidade do seu texto. Confesso que fiquei tentando decifrar se ele falava de 'dividir' alguém ou se você quer se separar de alguém que definitivamente não lhe faz feliz.

    Um beijo :* ótimo texto!

    ResponderExcluir

- Comente, mas algo que acrescente uma opinião, sempre com respeito.

- Siga o blog, mas deixe seu endereço para eu seguir de volta.

- Dicas, opiniões, sempre serão bem vindas.

E-mail para contato: dhfy.blogs@gmail.com

domingo, 15 de agosto de 2010

Punto e Basta

Compartilhar
Queria chorar, gritar e dizer que o erro foi só meu. Mas não posso sorrir nem cantar porque você já está distante de nós. Em um dia tudo é azul, no outro violeta, mas com todas essas mudanças de humor, tudo vira uma escuridão e eu não sei mais quem eu sou.
Queria muito te chamar de meu e dizer que encontrei uma espécie rara de beleza, mas não, não tenho o direito de compartilhar algo com o mundo, que não é meu. O que tenho a dizer dessa tal fragilidade? O que faço com esse meu jeito de fingir? Não tenho nada a dizer além do acontecido, não posso seguir em frente, pois você já partiu. Talvez um dia se for o certo, os caminhos da vida nos mostrem a união, porque se não for isso, adeus, e peço-lhe perdão. Manterei os meus medos a sete chaves, manterei as minhas súplicas em baixo de mim. Ainda tenho tempo para algo mais? Sorria, e deixe-me assim.

7 comentários:

Julieta sem Romeo disse...

Nossa que lindo,
quase chorrei.
Não tenho nem palavras pra diser, esse post é muiiiito perfeito.
Espero que o caminho da vida te mostre a união, pois é uma coisa muito bela.
Beiijinhos.

●๋• тнαi иαรciмєитσ disse...

Será que ainda temos tempo? Até quando?

Essas são perguntas muito comuns para quem é o humano e sente prazer com essa vida. Mas como não temos respostas, a melhor alternativa é viver e viver apenas. Viver bem e aproveitar as chances que temos.

Rívia Petermann disse...

Se erramos sozinho,é por que encontramos no motivo do erro razão para errar.

Incrível...Bjs!

R.L. disse...

Bonito texto.. mas esse é passageiro...

Tem conto no novo no blog!
Dê uma olhada ..

Beijos alcoolizados!

Gêsa disse...

Muito lindo seu texto. *.*

Mirian Brandão disse...

amei seu blog, vooc é muito criativa, depois dá uma passadinha no meu e confere tá? ;*
http://mirianbrandaoaoavesso.blogspot.com/

Tiêgo disse...

Incrível a intensidade do seu texto. Confesso que fiquei tentando decifrar se ele falava de 'dividir' alguém ou se você quer se separar de alguém que definitivamente não lhe faz feliz.

Um beijo :* ótimo texto!

Postar um comentário

- Comente, mas algo que acrescente uma opinião, sempre com respeito.

- Siga o blog, mas deixe seu endereço para eu seguir de volta.

- Dicas, opiniões, sempre serão bem vindas.

E-mail para contato: dhfy.blogs@gmail.com