RESENHA: O Clube das Desapaixonadas - Mariana Mello Sgambato

Oi, oi, oi

 

 A correria aqui continua, e as leituras ainda mais antes de começar as aulas na faculdade. Siim, estou feliz, pois é o meu último semestre do curso de Jornalismo e as coisas estão cada vez mais agitadas.

Bom, o livro da vez é um grande achado e me deixou bem feliz por 3 dias. Isso mesmo, tenho lido alguns livros por apenas 3 dias. Esses são os melhores, tenho certeza.

 

 Vamos conferir a leitura??? 

------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 
Editora: Novo Romance

Sinopse: Três amigas já estão cansadas de se envolver em decepções amorosas! A romântica Leila sempre se envolveu com rapazes que fogem de compromisso, já Drica, descobriu que seu noivo tinha uma amante e a festeira Ruth desistiu do príncipe encantado de tanto ouvir "eu te amo" falsos. Juntas elas formam o "Clube das Desapaixonadas", um blog de comportamento para falar mal das manias machistas dos homens que faz sucesso imediato e as leva para um mundo de festas luxuosas, celebridades e pegação. Por quanto tempo elas conseguirão manter a premissa de que mais vale se divertir com os caras errados do que procurar o homem certo?

 ------------------------------------------------------------------------------------------------


 Resenha: PARA TUDO!!! Hoje eu trago mais uma resenha e indicação literária para aqueles leitores que, como eu, amam uma narrativa com romance e muita pegação. Tenho percebido que muitos livros que contam esse tipo de história apresentam personagens bem feministas. Em Clube das Desapaixonadas, da autora Mariana Mello Sgambato não poderia ser diferente.

Nesse primeiro livro, a jovem Leila tem sérios problemas em relacionamentos. Não apenas ela, mas as amigas, Drica e Ruth fazem parte desse grupo de mulheres que amam mas não são correspondidas e nem recebem uma simples ligação para terminar o romance. Pensando dessa forma feminista, as mulheres decidem criar um grupo e fazer publicações em um blog, chamado "Clube das Desapaixonadas", onde elas relatam como foi a noite com um homem e dão notas. Mas, para que tudo funcione e consiga visualizações, elas criam algumas regrinhas.

 Não se apaixonar.

 Não repetir o cara

 Fazer uma vez por semana

 Pontuar a performance de 0 a 5

 Usar todos os métodos para proteger o corpo e o coração

 Pise neles!


 O clube torna-se um grande sucesso, angariando várias histórias e muita confusão para as três mulheres. Entre uma festa e outra, elas acabam colecionando histórias e rapazes.

Entre uma festa e outra, a única que não consegue enganar um homem é a Leila, causando brigas entre ela e as amigas. Elas pensam: "Todas conseguem fazer o que eles nos fazem, por que você não pode mentir?" Então, um dia elas se afastam depois de conseguir o emprego dos sonhos por causa do blog.

Calma, as brigas começam e a amizade termina por motivos óbvios, masculinos, é claro. A situação se intensifica porque o Bernardo, amigo em comum das três, já namorou a Dri, mas nutre um sentimento maior pela Leila, mas nunca teve coragem de falar. Ele é um jornalista que está expandindo a carreira e conseguindo o que quer, mas enquanto não obtém a mulher que tanto ama, decide ficar com todas as outras erradas que aparecem no caminho.


 A história é narrada por Leila, com seus altos e baixos, perdas e ganhos no emprego e muitas confusões.

"...eu sempre fui uma menina carente mendigando atenção e tinha descoberto que tirar a calcinha funcionava muito bem."
 
 Depois de todas as histórias, Leila decide que não quer fazer parte do grupo, pois seu sonho é se apaixonar e casar com um príncipe encantado. Sim, eu sei, ela já é adulta mas continua com esse sonho, ok?!
 
Qual o problema de vocês homens com organização? Não vai cair a mão se lavar a louça, o detergente não é ácido!

 É aí, então, que ela conhece o rockeiro mais gato de todos os tempos: Fabrício, o Rockstar! Eles se apaixonam de imediato, mas as coisas não saem como o planejado e, mais uma vez, a vida da Leila vira de pernas para o ar.

Ela deve ficar com o Bernardo, amigo de infância e alma gêmea ou com o Fabrício, lindo, rockstar e completamente apaixonado???

A história é interessante, me diverti muito lendo as loucuras dessas três mulheres, mas posso deixar um único "PORÉM" sobre a escrita da autora: Parece dois livros no mesmo, ou seja, até a metade quem conta a narrativa é a Leila, mas depois, são vários como, Ruth, Dri, Bernardo e Fabrício. As coisas ficam muito divertidas e melhores quando muda a narrativa da Leila para os outros.


Gostei do livro e acho uma boa leitura para descontrair nas férias, mas o que me ganhou foi essa mudança de narrativas do meio até o final do livro. Quero continuar a próxima leitura, porque são dois livros, e descobrir mais surpresas que vem por aí!


CONVERSATION

14 comentários:

  1. Achei top, gostei bastante.

    http://alinesecretplace.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Espero que dê tudo certo na sua faculdade de jornalismo. Bela profissão a sua! hehehe
    Sempre estarei por aqui agora. Boa semana.

    http://www.jj-jovemjornalista.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, jornalismo é uma profissão e tanto hein hehe.

      Excluir
  3. Olá,
    Nunca tinha ouvido falar desse livro, mas confesso que não me interessei pela leitura, a sinopse simplesmente não despertou meu interesse.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oiii!

    Eu confesso que não me atraio muito para esse enredo.
    Mas eu achei muito legal o fato de ser uma leitura rápida para as férias; Eu estou aproveitando muito esse periodo sem aulas para ler bem mais.

    Que pena que ficou confuso o meio do livro, mas fico feliz que tenha gostado :D


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O final foi o melhor, quero continuar com a leitura no próximo livro e descobrir mais fatos marcantes.

      Excluir
  5. Oi Juliete, como vai?
    Olha, assim como a Ana aqui em cima, esse tipo de enredo não me ganha logo de cara. No entanto, gostei de conhecer a trama pela sua perspectiva. Gosto de livros onde as narrativas são intercaladas, mas é preciso fazer isso da forma correta, caso contrário fica confuso. A ideia do blog e tudo mais é bem bacana.

    Beijo grande e boa semana ♥

    >Thati Machado;
    http://nemteconto.org

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro parece confuso, mas com as narrativas intercaladas fica ainda melhor e fácil de entender.

      Excluir
  6. Estou procurando livros assim que descontraiam a minha mente. Ótima dica.

    devoradores2livros.blogspot.com.br

    Um xero.

    ResponderExcluir
  7. Oi ...
    Parece ser um livro bem interessante de se ler .
    Acho que vou comprar o meu exemplar :)

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Ainda não conhecia esse livro mas me interessei. Me pareceu ser bem divertido. Vou deixar anotado aqui. E acho que vou entrar para o clube hehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  9. Acredita que eu não consegui ler ainda, estou considerando começar, adorei seu blog, estou te seguindo bjos.

    yuugracindo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

- Comente, mas algo que acrescente uma opinião, sempre com respeito.

- Siga o blog, mas deixe seu endereço para eu seguir de volta.

- Dicas, opiniões, sempre serão bem vindas.

E-mail para contato: dhfy.blogs@gmail.com

domingo, 26 de julho de 2015

RESENHA: O Clube das Desapaixonadas - Mariana Mello Sgambato

Compartilhar

Oi, oi, oi

 

 A correria aqui continua, e as leituras ainda mais antes de começar as aulas na faculdade. Siim, estou feliz, pois é o meu último semestre do curso de Jornalismo e as coisas estão cada vez mais agitadas.

Bom, o livro da vez é um grande achado e me deixou bem feliz por 3 dias. Isso mesmo, tenho lido alguns livros por apenas 3 dias. Esses são os melhores, tenho certeza.

 

 Vamos conferir a leitura??? 

------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 
Editora: Novo Romance

Sinopse: Três amigas já estão cansadas de se envolver em decepções amorosas! A romântica Leila sempre se envolveu com rapazes que fogem de compromisso, já Drica, descobriu que seu noivo tinha uma amante e a festeira Ruth desistiu do príncipe encantado de tanto ouvir "eu te amo" falsos. Juntas elas formam o "Clube das Desapaixonadas", um blog de comportamento para falar mal das manias machistas dos homens que faz sucesso imediato e as leva para um mundo de festas luxuosas, celebridades e pegação. Por quanto tempo elas conseguirão manter a premissa de que mais vale se divertir com os caras errados do que procurar o homem certo?

 ------------------------------------------------------------------------------------------------


 Resenha: PARA TUDO!!! Hoje eu trago mais uma resenha e indicação literária para aqueles leitores que, como eu, amam uma narrativa com romance e muita pegação. Tenho percebido que muitos livros que contam esse tipo de história apresentam personagens bem feministas. Em Clube das Desapaixonadas, da autora Mariana Mello Sgambato não poderia ser diferente.

Nesse primeiro livro, a jovem Leila tem sérios problemas em relacionamentos. Não apenas ela, mas as amigas, Drica e Ruth fazem parte desse grupo de mulheres que amam mas não são correspondidas e nem recebem uma simples ligação para terminar o romance. Pensando dessa forma feminista, as mulheres decidem criar um grupo e fazer publicações em um blog, chamado "Clube das Desapaixonadas", onde elas relatam como foi a noite com um homem e dão notas. Mas, para que tudo funcione e consiga visualizações, elas criam algumas regrinhas.

 Não se apaixonar.

 Não repetir o cara

 Fazer uma vez por semana

 Pontuar a performance de 0 a 5

 Usar todos os métodos para proteger o corpo e o coração

 Pise neles!


 O clube torna-se um grande sucesso, angariando várias histórias e muita confusão para as três mulheres. Entre uma festa e outra, elas acabam colecionando histórias e rapazes.

Entre uma festa e outra, a única que não consegue enganar um homem é a Leila, causando brigas entre ela e as amigas. Elas pensam: "Todas conseguem fazer o que eles nos fazem, por que você não pode mentir?" Então, um dia elas se afastam depois de conseguir o emprego dos sonhos por causa do blog.

Calma, as brigas começam e a amizade termina por motivos óbvios, masculinos, é claro. A situação se intensifica porque o Bernardo, amigo em comum das três, já namorou a Dri, mas nutre um sentimento maior pela Leila, mas nunca teve coragem de falar. Ele é um jornalista que está expandindo a carreira e conseguindo o que quer, mas enquanto não obtém a mulher que tanto ama, decide ficar com todas as outras erradas que aparecem no caminho.


 A história é narrada por Leila, com seus altos e baixos, perdas e ganhos no emprego e muitas confusões.

"...eu sempre fui uma menina carente mendigando atenção e tinha descoberto que tirar a calcinha funcionava muito bem."
 
 Depois de todas as histórias, Leila decide que não quer fazer parte do grupo, pois seu sonho é se apaixonar e casar com um príncipe encantado. Sim, eu sei, ela já é adulta mas continua com esse sonho, ok?!
 
Qual o problema de vocês homens com organização? Não vai cair a mão se lavar a louça, o detergente não é ácido!

 É aí, então, que ela conhece o rockeiro mais gato de todos os tempos: Fabrício, o Rockstar! Eles se apaixonam de imediato, mas as coisas não saem como o planejado e, mais uma vez, a vida da Leila vira de pernas para o ar.

Ela deve ficar com o Bernardo, amigo de infância e alma gêmea ou com o Fabrício, lindo, rockstar e completamente apaixonado???

A história é interessante, me diverti muito lendo as loucuras dessas três mulheres, mas posso deixar um único "PORÉM" sobre a escrita da autora: Parece dois livros no mesmo, ou seja, até a metade quem conta a narrativa é a Leila, mas depois, são vários como, Ruth, Dri, Bernardo e Fabrício. As coisas ficam muito divertidas e melhores quando muda a narrativa da Leila para os outros.


Gostei do livro e acho uma boa leitura para descontrair nas férias, mas o que me ganhou foi essa mudança de narrativas do meio até o final do livro. Quero continuar a próxima leitura, porque são dois livros, e descobrir mais surpresas que vem por aí!


14 comentários:

Aline Patricia disse...

Achei top, gostei bastante.

http://alinesecretplace.blogspot.com.br/

Jovem Jornalista disse...

Espero que dê tudo certo na sua faculdade de jornalismo. Bela profissão a sua! hehehe
Sempre estarei por aqui agora. Boa semana.

http://www.jj-jovemjornalista.com/

Inês Gabriela A. disse...

Olá,
Nunca tinha ouvido falar desse livro, mas confesso que não me interessei pela leitura, a sinopse simplesmente não despertou meu interesse.
Beijos.
Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

Ana Paula Lima Miranda disse...

Oiii!

Eu confesso que não me atraio muito para esse enredo.
Mas eu achei muito legal o fato de ser uma leitura rápida para as férias; Eu estou aproveitando muito esse periodo sem aulas para ler bem mais.

Que pena que ficou confuso o meio do livro, mas fico feliz que tenha gostado :D


Beijinhos,
www.entrechocolatesemusicas.com

Thati Machado disse...

Oi Juliete, como vai?
Olha, assim como a Ana aqui em cima, esse tipo de enredo não me ganha logo de cara. No entanto, gostei de conhecer a trama pela sua perspectiva. Gosto de livros onde as narrativas são intercaladas, mas é preciso fazer isso da forma correta, caso contrário fica confuso. A ideia do blog e tudo mais é bem bacana.

Beijo grande e boa semana ♥

>Thati Machado;
http://nemteconto.org

Juliete Souza disse...

=D

Juliete Souza disse...

Obrigada, jornalismo é uma profissão e tanto hein hehe.

Juliete Souza disse...

Às vezes isso acontece!

Juliete Souza disse...

O final foi o melhor, quero continuar com a leitura no próximo livro e descobrir mais fatos marcantes.

Juliete Souza disse...

O livro parece confuso, mas com as narrativas intercaladas fica ainda melhor e fácil de entender.

Moises Silva disse...

Estou procurando livros assim que descontraiam a minha mente. Ótima dica.

devoradores2livros.blogspot.com.br

Um xero.

Diane disse...

Oi ...
Parece ser um livro bem interessante de se ler .
Acho que vou comprar o meu exemplar :)

http://coisasdediane.blogspot.com.br/

Sil disse...

Ainda não conhecia esse livro mas me interessei. Me pareceu ser bem divertido. Vou deixar anotado aqui. E acho que vou entrar para o clube hehe.

Blog Prefácio

Yuu Gracindo disse...

Acredita que eu não consegui ler ainda, estou considerando começar, adorei seu blog, estou te seguindo bjos.

yuugracindo.blogspot.com.br

Postar um comentário

- Comente, mas algo que acrescente uma opinião, sempre com respeito.

- Siga o blog, mas deixe seu endereço para eu seguir de volta.

- Dicas, opiniões, sempre serão bem vindas.

E-mail para contato: dhfy.blogs@gmail.com