RESENHA: O Livro das Princesas


Olá, pessoas!!

Não sou uma leitora apaixonada por histórias de princesas e coisas do tipo, mas conheço algumas histórias da autora Meg Cabot e gosto muito. Por isso, decidi que iria me aventurar por mais um misto de contos com muito romance e histórias com príncipes e bruxas más.

Vamos conferir??

--------------------------------------------------------------------------------------------


Livro: O Livro das Princesas
Autores: Meg Cabot, Paula Pimenta, Lauren Kate e Patrícia Barboza
Editora: Galera Record
Ano: 2013
Páginas:  288

Sinopse: Da mesa da Princesa Mia Thermopolis: Olá, amigos, fãs e companheiros admiradores de princesas (ou eu deveria dizer simpatizantes de princesas?)! Eu mal pude acreditar quando alguém do Brasil permitiu que EU desse uma olhadinha neste livro. Mas acho que faz sentido, já que, além de ser uma princesa, também tenho verdadeira paixão por histórias românticas! Acreditem no que eu digo, este livro tem essas duas coisas de sobra! Mas são releituras contemporâneas, com reviravoltas que farão você dizer owwwwnnnnnn… Uma Cinderela DJ? Rapunzel popstar? Bela é uma supermodelo? E unicórnios em A Bela Adormecida?! Sim, por favor! Mais, mais. POR FAVOR. Não se preocupem, tem mais. Muito mais. Eu amei, e vocês também vão! (Sim, você também vai amar, Tina Hakim Baba. Pode pegar meu exemplar emprestado quando eu terminar de ler. Não, melhor: compre o seu. Assim você vai poder ler de novo e de novo, como eu pretendo fazer.) Sinceramente, Sua Alteza Real, Princesa Mia Thermopolis.

--------------------------------------------------------------------------------------------

Resenha: Como disse anteriormente, não curto muito histórias de princesas. Tudo bem, gosto (muito) de narrativas com romance e casos de amor, mas princesas tem me deixado desmotivada. Resolvi, então, enfrentar esse preconceito e curtir mais uma leitura.
 
O Livro das Princesas é dividido em quatro releituras de contos que conhecemos muito bem: A Modelo e o Monstro (A Bela e a Fera) por Meg Cabot; Princesa Pop (Cinderela) por Paula Pimenta; O Eclipse do Unicórnio (Bela Adormecida) por Lauren Kate e Do Alto da Torre (Rapunzel) por Patricia Barboza.

 Para começar, vamos falar do conto da autora Meg Cabot, A Modelo e o Monstro:
Quando comecei a ler o livro, decidi me desprender de qualquer preconceito que poderia surgir com essas histórias e, foi exatamente isso que fiz. Deixei tudo que li de lado e encarei com mente aberta essa história.
A narrativa da Meg fala de uma forma bem construída, com personagens caracterizados, mas sem grandes clichês. Claro, A Bela e A Fera, é muito clichê e o caso de amor entre um homem feio e cheio de cicatrizes com uma mulher linda e modelo não é muito uma novidade em histórias de fantasias. Mas, o vocabulário foi fácil, a histórias flui sem dificuldades e quando o leitor perceber, já está no fim. Posso dizer que em contos as coisas acontecem muito rápidas, nesse caso não foi nada diferente. No final, acontece o que acreditamos que vá acontecer, mas deixa o leitor satisfeito com o término do conto.

Em seguida, tem o conto da Paula Pimenta, Cinderela Pop:
Sempre tive curiosidades nas histórias da Paula Pimenta, sei que tem um livro com essa mesma histórias, mas depois de ler o conto, desisti por completo. A história é leve, não deixa faltar nada de um conto de fadas moderno, mas, sinceramente, não tem muitas novidades e é tudo bem comum.
Acredito que jovens leitores vão achar incrível o texto, porque eu, quando adolescente, adorava ler histórias como Cinderela Pop. Não falo apenas de livros, mas eu sempre fui apaixonada por filmes com histórias adolescentes, quase até hoje. Ok, hoje não é tanto, mas é bacana para descontrair.

Em suma, essa história de uma Dj, que se chama Cíntia Dorella, que todos confundem com Dj Cinderela não é muito criativo. O padrasto com suas meias-irmãs que são umas malas, uma madrasta que só quer sacanear com a vida da garota e um jovem príncipe do rock que é lindo de morrer. Isso diz alguma coisa?? Então, vamos ao próximo conto.

Continuando com as histórias, temos O Eclipse do Unicórnio, de Lauren Kate:
Desconheço por completo dessa autora, mas gostei do texto que ela escreveu. Foi um dos melhores, ou seja, o melhor da coleção. Apesar de contar a história da Bela Adormecida, bem comum, a autora usou de criatividade para completar a narrativa. Eu, particularmente, gostei por ser contada pelo "príncipe" e não pela jovem princesa, mesmo ele sendo desconcertado e um garoto normal, com uma desilusão amorosa e recente. Foi exatamente com fantasia do início ao fim e eu curti muito.

A  narrativa da autora continua no mesmo padrão das outras, com bom vocabulário, fácil entendimento e esse foi construído de forma inteligente. Gostei muito do texto!

Com a última história, Do Alto da Torre, da autora Patrícia Barboza:
 Lembrar do conto da Rapunzel de forma moderna e, mesmo assim, com toque clássico, é o objetivo da autora. Não foi muito diferente do que já conhecemos, mas gostei de saber de uma jovem que tem os cabelos longos até os 15 anos como uma promessa por sua saúde. Ao completar 15 anos, ela tem o direito de cortar os cabelos e mudar o visual, e foi exatamente isso que a jovem fez, vendendo seus cabelos para um salão de beleza onde os cabelos arrecadados podem ser úteis para crianças com câncer ou atores de TV.

Achei a leitura um pouco complicada, com partes enroladas demais. Sempre tem uma pessoa para cuidar das jovens, sejam homens ou mulheres, e eles devem ser todos mau humorados e ruins. No início do conto, pensei que a tal "Madrinha" fosse idosa, pois tudo que era falado sobre ela, remetia a uma idade avançada, mas ela tinha apenas 33 anos.

Não gosto da forma que nos contos de princesas, elas sempre são tratadas de forma errada e trancadas em casa, como no caso da Rapunzel. As garotas tem vontades, então, você pode ser a madrinha, mas deixa ela viver. Nesse caso, foi exatamente isso, com um pouco de briga e discussão que terminou muito mais rápido do que o leitor pensa. Quanto ao "príncipe", ele poderia ser melhor aproveitado, feito algo mais para se destacar na história, mas ele não passa de um jovem comum que foi escorraçado pela madrinha má. 

Sério, o garoto que era para ser o príncipe, não passa de um riquinho e bem chato. O outro jovem é um coitadinho que não tem muito dinheiro e ainda não quer receber um presente da "princesa". Bom, depois de tanta enrolação, o conto acontece.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Gostaram?? Espero que sim, pois com altos e baixos, as histórias são 

interessantes para relembrar os contos de fada.

CONVERSATION

18 comentários:

  1. Oiii
    Eu li Princesa Adormecida da Paula Pimenta, então tenho uma noção da escrita dela e achei legal, na verdade.
    Eu gosto de todo tipo de releitura das estórias das princesas, então acho que iria gostar desse livro!

    Beijo
    ooutroladodaraposa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oiiiii, tudo bem??? Não li esse livro ainda e confesso que não tenho vontade ;P
    Ontem mesmo, eu li o livro Cinderela Pop e odiei na verdade. tá, talvez odiar seja exagero, mas o outro Princesa Adormecida é bem melhor :P
    Também não curto muitas histórias de princesa :P
    beijoooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eu gosto muito do Diário de princesa, por incrível que pareça.
    A história é muito boa. Ansioso pelo 3 filme!

    http://www.jj-jovemjornalista.com/

    ResponderExcluir
  4. Ta ai um livro que não me chama atenção por nada, nem capa, nem sinopse.
    Abraços
    www.leversosecontroversias.com

    ResponderExcluir
  5. Tenho muita vontade de ler esse livro , apesar de todo o preconceito que o cerca .
    Vá vi alguns elogios sobre ele , o que me deixa mais curiosa :)
    A capa é linda também :)

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Juliete, tudo bom?
    Confesso que já tive vontade de ler esse livro, mas a temática "princesas" também me deixou com um pé atrás.
    O motivo que mais me levou a querer ler esse livro foi a Lauren Kate e fico muito feliz pelo seu conto ter de destacado de alguma forma.
    Apesar de achar que a autora surtou ao longo da série "Fallen", acho a escrita dela maravilhosa!
    Beijo grande e boa quinta ♥

    Se você gosta de escrever, conheça o projeto "doze por doze" e venha fazer parte dele!

    >Thati Machado;
    http://nemteconto.org

    ResponderExcluir
  7. Oi
    Eu até curto histórias com princesa, mais esse eu não tenho vontade de ler.
    Já li um livro da Paula Pimenta e gostei.

    Eu te indiquei para uma TAG çá no blog.
    http://momentocrivelli.blogspot.com.br/2015/07/tag-hall-of-shame-literario.html

    ResponderExcluir
  8. Ahh eu também estou cansada de histórias de princesas. Na verdade nunca gostei muito. Mas é bom conhecer novos trabalhos sem preconceito como você disse. O problema é que a maioria das histórias se repete. Eu não leria esse livro.. enrolação não é comigo.
    Beijos,
    Monólogo de Julieta
    P.s.:Desculpe a demora em responder... fiquei sem internet. :'(

    ResponderExcluir
  9. Oi Ju!
    Eu já gosto de histórias de princesas, mas n consigo me animar pra ler esse livro! Rs
    De todas as autoras, só li dois livros da Meg Cabot, que gostei mas n tanto, e tenho curiosidade em ler Paula Pimenta algum dia.
    Mas sua resenha ficou ótima!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Olá,
    Já faz um tempo que ouço falar sore esse livro e não sei se lerei pois não lá muito fã de recontagem de contos de fadas, mas confesso que com sua resenha fiquei mais interessado :)
    Abraço!
    Leitura Fora De Série

    ResponderExcluir
  11. Auuuunw, eu amei a resenha.E estou louca para comprar esse livro, na verdade ahahahahha :)
    Gosto muito de princesas e ás vezes acho que vivo no mundo encantado rs :)


    beeijinhos ^^
    http://carolhermanas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Não sei por que tantas pessoas tem preconceito com o tema princesas, não e por que o livro leva esse titulo que ele fala das vidas de princesas como nos contos originais, muito pelo contrario o objetivo desse livro foi reenventar os contos de fadas classicos e ''traduzir'' para os dias atuais. Posso garantir que de princesas tem só o titulo do livro.

    ResponderExcluir
  13. Não sei não, esse livro não iria funcionar para mim. Acho esse tipo de livro bem juvenil e não consigo me envolver com o enredo.
    A sua resenha está ótima, mas passo a leitura.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de agosto. Serão dois vencedores.

    ResponderExcluir
  14. Oie!

    Nunca li esse livro e nem tenho vontade de ler, pois é muito feminino, em minha opiniao '~' Mas curti a resenha, mesmo você não tendo achado a leitura "tuuudo isso". E, ainda, ando fugindo de romances, :p

    Abs!

    Jhonatan | Leitura Silenciosa

    ResponderExcluir
  15. Esse livro deve ser a maior fofura! *_*

    Seguindo o blog! ;**
    http://postandotrechos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Ju ti maquei numa Tag http://teenxxxteen.blogspot.com/2015/08/tag-dos-50.html

    ResponderExcluir
  17. Oiee! Nossa eu estou louca para ler esse livro! Princesas!! <3
    Bjs, comenta por favor nesse post, vai ajudar muito: http://resenhasteen.blogspot.com.br/2015/11/feitico-da-sombra.html

    ResponderExcluir

- Comente, mas algo que acrescente uma opinião, sempre com respeito.

- Siga o blog, mas deixe seu endereço para eu seguir de volta.

- Dicas, opiniões, sempre serão bem vindas.

E-mail para contato: dhfy.blogs@gmail.com

terça-feira, 28 de julho de 2015

RESENHA: O Livro das Princesas

Compartilhar

Olá, pessoas!!

Não sou uma leitora apaixonada por histórias de princesas e coisas do tipo, mas conheço algumas histórias da autora Meg Cabot e gosto muito. Por isso, decidi que iria me aventurar por mais um misto de contos com muito romance e histórias com príncipes e bruxas más.

Vamos conferir??

--------------------------------------------------------------------------------------------


Livro: O Livro das Princesas
Autores: Meg Cabot, Paula Pimenta, Lauren Kate e Patrícia Barboza
Editora: Galera Record
Ano: 2013
Páginas:  288

Sinopse: Da mesa da Princesa Mia Thermopolis: Olá, amigos, fãs e companheiros admiradores de princesas (ou eu deveria dizer simpatizantes de princesas?)! Eu mal pude acreditar quando alguém do Brasil permitiu que EU desse uma olhadinha neste livro. Mas acho que faz sentido, já que, além de ser uma princesa, também tenho verdadeira paixão por histórias românticas! Acreditem no que eu digo, este livro tem essas duas coisas de sobra! Mas são releituras contemporâneas, com reviravoltas que farão você dizer owwwwnnnnnn… Uma Cinderela DJ? Rapunzel popstar? Bela é uma supermodelo? E unicórnios em A Bela Adormecida?! Sim, por favor! Mais, mais. POR FAVOR. Não se preocupem, tem mais. Muito mais. Eu amei, e vocês também vão! (Sim, você também vai amar, Tina Hakim Baba. Pode pegar meu exemplar emprestado quando eu terminar de ler. Não, melhor: compre o seu. Assim você vai poder ler de novo e de novo, como eu pretendo fazer.) Sinceramente, Sua Alteza Real, Princesa Mia Thermopolis.

--------------------------------------------------------------------------------------------

Resenha: Como disse anteriormente, não curto muito histórias de princesas. Tudo bem, gosto (muito) de narrativas com romance e casos de amor, mas princesas tem me deixado desmotivada. Resolvi, então, enfrentar esse preconceito e curtir mais uma leitura.
 
O Livro das Princesas é dividido em quatro releituras de contos que conhecemos muito bem: A Modelo e o Monstro (A Bela e a Fera) por Meg Cabot; Princesa Pop (Cinderela) por Paula Pimenta; O Eclipse do Unicórnio (Bela Adormecida) por Lauren Kate e Do Alto da Torre (Rapunzel) por Patricia Barboza.

 Para começar, vamos falar do conto da autora Meg Cabot, A Modelo e o Monstro:
Quando comecei a ler o livro, decidi me desprender de qualquer preconceito que poderia surgir com essas histórias e, foi exatamente isso que fiz. Deixei tudo que li de lado e encarei com mente aberta essa história.
A narrativa da Meg fala de uma forma bem construída, com personagens caracterizados, mas sem grandes clichês. Claro, A Bela e A Fera, é muito clichê e o caso de amor entre um homem feio e cheio de cicatrizes com uma mulher linda e modelo não é muito uma novidade em histórias de fantasias. Mas, o vocabulário foi fácil, a histórias flui sem dificuldades e quando o leitor perceber, já está no fim. Posso dizer que em contos as coisas acontecem muito rápidas, nesse caso não foi nada diferente. No final, acontece o que acreditamos que vá acontecer, mas deixa o leitor satisfeito com o término do conto.

Em seguida, tem o conto da Paula Pimenta, Cinderela Pop:
Sempre tive curiosidades nas histórias da Paula Pimenta, sei que tem um livro com essa mesma histórias, mas depois de ler o conto, desisti por completo. A história é leve, não deixa faltar nada de um conto de fadas moderno, mas, sinceramente, não tem muitas novidades e é tudo bem comum.
Acredito que jovens leitores vão achar incrível o texto, porque eu, quando adolescente, adorava ler histórias como Cinderela Pop. Não falo apenas de livros, mas eu sempre fui apaixonada por filmes com histórias adolescentes, quase até hoje. Ok, hoje não é tanto, mas é bacana para descontrair.

Em suma, essa história de uma Dj, que se chama Cíntia Dorella, que todos confundem com Dj Cinderela não é muito criativo. O padrasto com suas meias-irmãs que são umas malas, uma madrasta que só quer sacanear com a vida da garota e um jovem príncipe do rock que é lindo de morrer. Isso diz alguma coisa?? Então, vamos ao próximo conto.

Continuando com as histórias, temos O Eclipse do Unicórnio, de Lauren Kate:
Desconheço por completo dessa autora, mas gostei do texto que ela escreveu. Foi um dos melhores, ou seja, o melhor da coleção. Apesar de contar a história da Bela Adormecida, bem comum, a autora usou de criatividade para completar a narrativa. Eu, particularmente, gostei por ser contada pelo "príncipe" e não pela jovem princesa, mesmo ele sendo desconcertado e um garoto normal, com uma desilusão amorosa e recente. Foi exatamente com fantasia do início ao fim e eu curti muito.

A  narrativa da autora continua no mesmo padrão das outras, com bom vocabulário, fácil entendimento e esse foi construído de forma inteligente. Gostei muito do texto!

Com a última história, Do Alto da Torre, da autora Patrícia Barboza:
 Lembrar do conto da Rapunzel de forma moderna e, mesmo assim, com toque clássico, é o objetivo da autora. Não foi muito diferente do que já conhecemos, mas gostei de saber de uma jovem que tem os cabelos longos até os 15 anos como uma promessa por sua saúde. Ao completar 15 anos, ela tem o direito de cortar os cabelos e mudar o visual, e foi exatamente isso que a jovem fez, vendendo seus cabelos para um salão de beleza onde os cabelos arrecadados podem ser úteis para crianças com câncer ou atores de TV.

Achei a leitura um pouco complicada, com partes enroladas demais. Sempre tem uma pessoa para cuidar das jovens, sejam homens ou mulheres, e eles devem ser todos mau humorados e ruins. No início do conto, pensei que a tal "Madrinha" fosse idosa, pois tudo que era falado sobre ela, remetia a uma idade avançada, mas ela tinha apenas 33 anos.

Não gosto da forma que nos contos de princesas, elas sempre são tratadas de forma errada e trancadas em casa, como no caso da Rapunzel. As garotas tem vontades, então, você pode ser a madrinha, mas deixa ela viver. Nesse caso, foi exatamente isso, com um pouco de briga e discussão que terminou muito mais rápido do que o leitor pensa. Quanto ao "príncipe", ele poderia ser melhor aproveitado, feito algo mais para se destacar na história, mas ele não passa de um jovem comum que foi escorraçado pela madrinha má. 

Sério, o garoto que era para ser o príncipe, não passa de um riquinho e bem chato. O outro jovem é um coitadinho que não tem muito dinheiro e ainda não quer receber um presente da "princesa". Bom, depois de tanta enrolação, o conto acontece.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Gostaram?? Espero que sim, pois com altos e baixos, as histórias são 

interessantes para relembrar os contos de fada.

18 comentários:

Raissa Martins disse...

Oiii
Eu li Princesa Adormecida da Paula Pimenta, então tenho uma noção da escrita dela e achei legal, na verdade.
Eu gosto de todo tipo de releitura das estórias das princesas, então acho que iria gostar desse livro!

Beijo
ooutroladodaraposa.blogspot.com.br

gih disse...

Oiiiii, tudo bem??? Não li esse livro ainda e confesso que não tenho vontade ;P
Ontem mesmo, eu li o livro Cinderela Pop e odiei na verdade. tá, talvez odiar seja exagero, mas o outro Princesa Adormecida é bem melhor :P
Também não curto muitas histórias de princesa :P
beijoooos
http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

Jovem Jornalista disse...

Eu gosto muito do Diário de princesa, por incrível que pareça.
A história é muito boa. Ansioso pelo 3 filme!

http://www.jj-jovemjornalista.com/

Letícia Aires disse...

Ta ai um livro que não me chama atenção por nada, nem capa, nem sinopse.
Abraços
www.leversosecontroversias.com

Diane disse...

Tenho muita vontade de ler esse livro , apesar de todo o preconceito que o cerca .
Vá vi alguns elogios sobre ele , o que me deixa mais curiosa :)
A capa é linda também :)

http://coisasdediane.blogspot.com.br/

Thati Machado disse...

Oi Juliete, tudo bom?
Confesso que já tive vontade de ler esse livro, mas a temática "princesas" também me deixou com um pé atrás.
O motivo que mais me levou a querer ler esse livro foi a Lauren Kate e fico muito feliz pelo seu conto ter de destacado de alguma forma.
Apesar de achar que a autora surtou ao longo da série "Fallen", acho a escrita dela maravilhosa!
Beijo grande e boa quinta ♥

Se você gosta de escrever, conheça o projeto "doze por doze" e venha fazer parte dele!

>Thati Machado;
http://nemteconto.org

Denise Crivelli disse...

Oi
Eu até curto histórias com princesa, mais esse eu não tenho vontade de ler.
Já li um livro da Paula Pimenta e gostei.

Eu te indiquei para uma TAG çá no blog.
http://momentocrivelli.blogspot.com.br/2015/07/tag-hall-of-shame-literario.html

Paloma Viricio disse...

Ahh eu também estou cansada de histórias de princesas. Na verdade nunca gostei muito. Mas é bom conhecer novos trabalhos sem preconceito como você disse. O problema é que a maioria das histórias se repete. Eu não leria esse livro.. enrolação não é comigo.
Beijos,
Monólogo de Julieta
P.s.:Desculpe a demora em responder... fiquei sem internet. :'(

Carol Cristina disse...

Oi Ju!
Eu já gosto de histórias de princesas, mas n consigo me animar pra ler esse livro! Rs
De todas as autoras, só li dois livros da Meg Cabot, que gostei mas n tanto, e tenho curiosidade em ler Paula Pimenta algum dia.
Mas sua resenha ficou ótima!
Bjs
http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

Guilherme disse...

Olá,
Já faz um tempo que ouço falar sore esse livro e não sei se lerei pois não lá muito fã de recontagem de contos de fadas, mas confesso que com sua resenha fiquei mais interessado :)
Abraço!
Leitura Fora De Série

Carolina Hermanas disse...

Auuuunw, eu amei a resenha.E estou louca para comprar esse livro, na verdade ahahahahha :)
Gosto muito de princesas e ás vezes acho que vivo no mundo encantado rs :)


beeijinhos ^^
http://carolhermanas.blogspot.com.br/

Anônimo disse...

Não sei por que tantas pessoas tem preconceito com o tema princesas, não e por que o livro leva esse titulo que ele fala das vidas de princesas como nos contos originais, muito pelo contrario o objetivo desse livro foi reenventar os contos de fadas classicos e ''traduzir'' para os dias atuais. Posso garantir que de princesas tem só o titulo do livro.

Desbravadores de Livros disse...

Não sei não, esse livro não iria funcionar para mim. Acho esse tipo de livro bem juvenil e não consigo me envolver com o enredo.
A sua resenha está ótima, mas passo a leitura.

Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de agosto. Serão dois vencedores.

Jhonatan Veloso disse...

Oie!

Nunca li esse livro e nem tenho vontade de ler, pois é muito feminino, em minha opiniao '~' Mas curti a resenha, mesmo você não tendo achado a leitura "tuuudo isso". E, ainda, ando fugindo de romances, :p

Abs!

Jhonatan | Leitura Silenciosa

Postando Trechos disse...

Esse livro deve ser a maior fofura! *_*

Seguindo o blog! ;**
http://postandotrechos.blogspot.com.br/

Teen X disse...

Ju ti maquei numa Tag http://teenxxxteen.blogspot.com/2015/08/tag-dos-50.html

Nail dryer disse...

Great choice. I love your blog

Naylane Sartor disse...

Oiee! Nossa eu estou louca para ler esse livro! Princesas!! <3
Bjs, comenta por favor nesse post, vai ajudar muito: http://resenhasteen.blogspot.com.br/2015/11/feitico-da-sombra.html

Postar um comentário

- Comente, mas algo que acrescente uma opinião, sempre com respeito.

- Siga o blog, mas deixe seu endereço para eu seguir de volta.

- Dicas, opiniões, sempre serão bem vindas.

E-mail para contato: dhfy.blogs@gmail.com